Renault Clio: Arranque do motor com a bateria de outro automóvel

Renault Clio / Conselhos práticos / Bateria / Arranque do motor com a bateria de outro automóvel

Se, para pôr o motor a trabalhar, tirar energia de outra bateria, adquira cabos eléctricos apropriados (de grande secção) num representante da marca ou, se já tiver os tiver, assegure-se de que estão em bom estado.

As duas baterias devem ter uma tensão nominal semelhante: 12 V.

A bateria que fornece a corrente deve ter uma capacidade (ampere-hora, Ah) pelo menos idêntica à da bateria descarregada.

Assegure-se de que não há qualquer contacto entre os dois veículos (risco de curto-circuito, aquando da ligação dos pólos positivos) e de que a bateria descarregada está bem ligada.

Desligue a ignição do seu veículo.

O motor do veículo que fornece a corrente deve estar a trabalhar a um regime médio.

Arranque do motor com a bateria de outro automóvel

Consoante o veículo, desencaixe a tampa da bateria.

Fixe o cabo positivo A ao borne 1 (+) e depois ao borne 4 (+) da bateria fornecedora de corrente.

Fixe o cabo negativo B ao borne 3 (-) da bateria fornecedora de corrente e depois ao borne 2 (-) da bateria descarregada.

Accione o motor; quando o motor pegar, desligue os cabos A e B pela ordem inversa ( 2 - 3 - 4 - 1 ).

Arranque do motor com a bateria de outro automóvel

Veja também:

Peugeot 207. Qualidade do combustível utilizado para os motores Diesel
Os motores Diesel são perfeitamente compatíveis com os biocombustíveis em conformidade com as normas europeias, actuais e futuras (gasóleo em conformidade com a norma EN 590 misturado co ...

Peugeot 207. Antipatinagem das rodas (ASR) e controlo dinâmico de estabilidade (ESP)
A antipatinagem das rodas optimiza a motricidade, para evitar a patinagem das rodas, agindo nos travões das rodas motoras e no motor. O controlo dinâmico de estabilidade actua sobre o trav ...

Modelos



www.segmentob.com | © 2017 Todos os direitos reservados 0.0172