Seat Ibiza: Acidentes frontais e as leis da física

Seat Ibiza / Segurança / Cintos de segurança / O porquê dos cintos de segurança / Acidentes frontais e as leis da física

O condutor que não tiver colocado o cinto de segurança será projetado para a frente.
Fig. 84 O condutor que não tiver colocado o cinto de segurança será projetado para a frente.

O passageiro do banco traseiro que não tiver colocado o cinto de segurança é projetado para a frente, para cima do condutor que tem o cinto colocado.
Fig. 85 O passageiro do banco traseiro que não tiver colocado o cinto de segurança é projetado para a frente, para cima do condutor que tem o cinto colocado.

O modo como atuam as leis da física em caso de colisão frontal é fácil de explicar: um veículo ao ser colocado em movimento origina, tanto no veículo como nos seus ocupantes, uma energia denominada "energia cinética ".

A amplitude dessa "energia cinética" depende fundamentalmente da velocidade e do peso do veículo e dos seus ocupantes. Quanto maior for a velocidade e o peso do veículo, maior será a energia que deverá ser "absorvida " em caso de acidente.

A velocidade do veículo é, no entanto, o fator mais importante. Se, por exemplo, se duplicar a velocidade de 25 km/h (15 mph) para 50 km/h (30 mph), a energia cinética correspondente aumentará quatro vezes.

Dado que os ocupantes do veículo do nosso exemplo não têm o cinto de segurança colocado, em caso de colisão contra uma parede toda a energia cinética dos ocupantes só será absorvida pelo impacto referido.

Mesmo que circule apenas a uma velocidade entre 30 km/h (19 mph) e 50 km/h (30 mph), em caso de acidente o corpo será submetido a forças que facilmente poderão ultrapassar uma tonelada (1000 kg). Essas forças que atuam sobre o corpo aumentam quanto maior for a velocidade de circulação.

Os ocupantes do veículo, que não tiverem colocado os cintos de segurança, não se encontram, por conseguinte, "ligados" ao veículo.

No caso de uma colisão frontal essas pessoas continuarão, assim, a deslocar-se à mesma velocidade a que o veículo circulava, antes do embate. Este exemplo aplica-se não só às colisões frontais, mas a todos os tipos de acidentes e colisões.

Mesmo a baixas velocidades, em caso de colisão, o corpo é submetido a forças que não se conseguem contrariar apenas com as mãos. Numa colisão frontal os ocupantes do veículo não protegidos com o cinto de segurança são projetados em frente de forma descontrolada, sofrendo embates, por exemplo, contra o volante, o painel de instrumentos ou o para-brisas Fig. 84.

É também importante que os ocupantes dos bancos traseiros coloquem os cintos de segurança, pois, em caso de acidente, poderiam ser projetados de forma descontrolada no habitáculo. Um passageiro que viaje sem cinto no banco traseiro põe em risco não só a sua própria integridade, mas também a dos ocupantes dos bancos dianteiros Fig. 85.

Veja também:

KIA Rio. Verificar a pressão do pneu
1. Parar em local em segurança depois de conduzir aproximadamente 7~10 km (4~6 milhas ou cerca de 10 minutos). 2. Ligue o tubo de enchimento (3) do compressor (lado dos grampos) di ...

Mazda 2. Direção Assistida
A direção assistida apenas está operacional quando o motor estiver a trabalhar. Se o motor estiver desligado ou se a direção assistida estiver inoperacional, poderá continuar a operar o ...

Modelos



www.segmentob.com | © 2017 Todos os direitos reservados 0.0372